Carta para Gui

teste

Filho,

Hoje você completa 1 ano. E, nossa! Que ano! Você cresceu tanto desde que saiu da barriga da mamãe… Lembro-me de quando você ainda era tão pequenininho que cabia no meu colo deitadinho, sem que ao menos eu precisasse te segurar.

Lembro da primeira vez que te tive nos braços. Reparei suas unhas compridas, sua manchinha de nascença na perna direita (que hoje não é perceptível graças a sua cor moreninha linda), seus detalhes tão parecidos com os do papai (a mesma mãozinha, os mesmos pézinhos, as mesmas manias, mesmo assim, tão pequenininho!).

Lembro de quando eu e você passávamos os dias sozinhos, deitados na cama, fazendo o que bem queríamos: você: dormir, eu: assistir filmes e séries, apesar de que logo você também passou a gostar de assistir televisão (os seus preferidos são galinha pintadinha e toy story). Ah, tempo bom era esse em que pertencíamos quase que totalmente um ao outro!

E embora eu amasse o tempo em que eu estava com você, nem um só dia desde que você nasceu, meu filho, eu deixei de sofrer por um dia esse nosso aconchego ter que receber pausas. Não sei se é assim que toda mãe se sente, mas o meu desejo era de abrir mão de tudo para ficar só com você.

Mas mamãe precisava voltar a trabalhar, e aí entrou o super papai. Você sabia que o papai é um super herói? O nosso super herói! Foi ele quem ficou cuidando de você (e é quem cuida até hoje) enquanto a mamãe está no trabalho, e você ama ficar com o seu papai! Sabia que você o ama tanto que, mesmo estando dormindo, basta ouvir a voz do papai para querer ir para o colo dele brincar? E como vocês dois se divertem! E eu amo ver vocês dois assim, felizes! Meus preciosos! Aliás, papai foi a primeira palavra que você falou.

teste (1 of 1)

Quando você ia completar 6 meses, fizemos nossa primeira viagem juntos. Você conheceu Curitiba, a cidade pela qual papai e mamãe são apaixonados. E adivinha? Você também parece ter se apaixonado! Apesar do frio de 3 graus em alguns dias, você se comportou maravilhosamente bem, aproveitou o frio para dormir um monte e também se divertiu nos parques por onde passamos. Você provou a sua primeira papinha (de goiaba), e mesmo fazendo cara feia continuava comendo.

A sua comida preferida até perto de completar 1 ano era o cozidinho de frango com verduras da mamãe. Você amava comer as verdurinhas com frango desfiado. E macarrão com carne moída também! Até que um dia vovó Leleu te deu um peixinho grelhado com um pouco de sal e você “caiu matando”! Mas você sempre comeu de tudo, o que faz o coração da mamãe pular de alegria.

Com 11 meses você deu seus primeiros passos sozinho. Desde os 6, 7 meses nós já andávamos com você segurando nas suas mãos, mas foi somente com 11 meses que você “criou” coragem para dar os primeiros passos sozinho. E logo em seguida você pegou o jeito, e saia caminhando pelo tapete da sala inteiro!

E hoje, meu filho, no dia do seu aniversário, eu quero agradecer muito a papai do céu pelas bênçãos que Ele tem proporcionado para nossa família. Quero também que você saiba que o nosso Deus pode todas as coisas. Ele é cheio de amor e misericórdia para com os que o amam, e o ensinamento que eu quero que você aprenda, acima de todos os outros, é seguir os Seus caminhos. Tenha sempre comunhão com o Senhor e confie Nele.

Te amo muito, meu bebê!

Um beijo, mamãe.

teste1 (1 of 1)

 

1 Comment

  1. Karla says: Responder

    Perfeita a cartinha! Um dia ele terá muito orgulho de ler!

Deixe uma resposta